fbpx
Tecnologia Escolar

O Papel do Professor na Educação Infantil

Por 18 de novembro de 2018 junho 19th, 2019 Sem comentários

A Educação Infantil é um momento de ampliação de relacionamentos e conhecimentos da criança, bem como é o processo inicial para a construção de sua identidade.

Um ensino de qualidade nessa fase é, sem dúvida, essencial para um bom desenvolvimento.

E um dos principais responsáveis pelo processo ensino-aprendizagem infantil é o professor.

Mas qual será o papel dele nos primeiros anos escolares de uma criança?

 

Cuidados básicos com a criança

Quando pensamos em crianças bem pequenas, entre 0 a 3 anos, fica claro que elas demandam vários cuidados diferenciados, pois ainda estão nas fases mais iniciais do desenvolvimento humano e possuem pouca autonomia.

Por isso, professores que atuam com essas faixas etárias têm a importante tarefa de trocar fraldas, fornecer alimento, dar banho, em alguns casos, e permitir que o bebê durma o quanto lhe é necessário.

Mas quando nos referimos a cuidados, devemos identificar outros tipos de atenção que são necessárias a crianças a partir dos 4 anos também.

Por exemplo, o docente precisa saber qual a realidade de seu aluno fora da escola, quais são as suas dificuldades e como agir em prol de seu desenvolvimento integral.

Além disso, é essencial uma atuação carinhosa  e paciente, que promova a formação de laços afetivos.

 

Promoção do desenvolvimento infantil

Além dos cuidados básicos é papel do professor da Educação Infantil promover o desenvolvimento cognitivo e físico das crianças.

A melhor maneira de ampliar as capacidades infantis é, sem dúvida, por meio de brincadeiras.

Afinal, os pequenos conseguem, assim, elaborar e reelaborar situações reais utilizando a imaginação, bem como ganhar uma série de habilidades.

Abaixo mostramos algumas capacidades que são desenvolvidas durante brincadeiras:

    • atenção;
    • concentração;
    • coordenação motora;
    • equilíbrio;
    • memória;
    • raciocínio-lógico;
    • expressividade;
    • força;
    • flexibilidade.

 

 

Destacamos ainda que ao longo das atividades o professor deve estar sempre atento para identificar os progressos e encontrar as dificuldades que cada aluno apresenta.

Isto porque a compreensão da individualidade da criança é essencial no processo ensino-aprendizagem.

 

Mediação aluno-conhecimento

Outra tarefa desse profissional é possibilitar a obtenção de diversos saberes para que os alunos ampliem seu entendimento do mundo.

Mas a forma de agir do docente não deve ser uma simples repetição de conteúdos para serem assimilados.

Como mediador, o professor precisa questionar as crianças, estimulá-las a refletirem sobre a informação a qual estão sendo expostas e, principalmente, ensinar o educando a construir o seu próprio conhecimento, de maneira crítica e autônoma.

Existem várias formas de incentivar a descoberta e a troca de saberes no ambiente escolar.

E o ideal é o uso de atividades lúdicas que promovam a livre expressão de pensamentos, emoções, ideias, imaginação, etc.

Durante as práticas, o professor constitui-se no observador que direciona as ações, mas sem limitar o processo de aprendizagem.

 

Transmissão de valores e condutas

Mais uma função do docente é a transmissão de valores como ética, respeito, cooperação, dignidade, diversidade, solidariedade, fraternidade, amor, entre outros.

Pois estes são bastante relevantes no desenvolvimento do indivíduo dentro de sua sociedade.

Em geral, são valores sólidos que evitam, ou minimizam, condutas inapropriadas em relação a outras pessoas, bem como estimulam o sujeito a agir em busca de uma sociedade melhor e mais justa.

Além disso, quando o educador age de maneira solidária e tolerante, por exemplo, a criança entende aquilo como algo que ela também deve realizar.

Afinal, o professor é um dos modelos que ela possui nessa fase de sua vida.

Como você pode ver, o papel do professor na Educação Infantil é bastante amplo e exige qualificação e estudo constante, além de dedicação, amor e vontade de transformar o mundo.

×