fbpx
EducaçãoPais e Escola

O professor no processo de adaptação da criança no primeiro dia de aula

Por 6 de setembro de 2019 Sem comentários

O primeiro dia de aula na educação infantil é um dia especial. Envolve novas interações, descobertas e o mundo das crianças começa a ser ampliado e transformado. Mas você sabe como o professor deve agir nesse momento? 

 

Confira na sequência um pouco mais sobre o assunto!

 

Como funciona a adaptação das crianças?

 

As crianças que estão indo para a escola pela primeira vez, ou mesmo as que estão mudando de instituição, passam por um momento de transição. Muitas novidades surgem e, consequentemente, a insegurança faz-se presente. 

 

No caso específico do início da vida escolar, os alunos estão, pela primeira vez, se desvencilhando da família, para que construam novos vínculos sociais e afetivos que contribuirão para o seu desenvolvimento. 

 

Cabe ao professor, ao longo desse processo, saber quais as dificuldades que podem surgir e como lidar com elas. A seguir indicamos algumas reações frequentes dos novos alunos na escola, durante essa fase inicial: 

 

  • resistência às atividades e brincadeiras propostas; 
  • choros na chegada e ao longo do dia; 
  • indiferença aos outros e ao que é realizado; 
  • apego a objetos trazidos de casa; 
  • discussões com outas crianças. 

 

Portanto, junto à equipe da escola, o professor faz um planejamento adequado desse primeiro dia, e as primeiras semanas, de uma maneira geral.  

 

O planejamento

 

O planejamento do primeiro dia de aula precisa ser feito com atenção, pensando nas propostas que são possíveis de serem realizadas, assim como deve ter a flexibilidade necessária para eventos inesperados. 

 

Inserido na rotina desse dia especial é necessária a presença da abordagem inicial com os pais e as crianças, bem como das atividades práticas que serão realizadas. Dentre estas algumas ideias interessantes e atrativas para os alunos são: 

 

  • leituras de contos e histórias; 
  • pinturas, desenhos e outras brincadeiras de expressão; 
  • atividades que aproximem as crianças; 
  • descoberta dos espaços da escola despertando a curiosidade dos alunos.

 

Ressaltamos que o ideal, principalmente para os educandos que ainda não tiveram contato com o ambiente escolar, é a presença de um responsável que poderá participar das dinâmicas junto com eles, dando-lhes um suporte emocional. 

 

As principais funções do professor 

 

A principal questão que o professor da educação infantil precisa estar atento é na sua capacidade de transmitir segurança e confiança tanto para os pais, quanto para as crianças. 

 

Ambos chegam receosos e ansiosos e, em geral, o primeiro e maior contato que desenvolverão na escola é com o professor da turma. 

 

Além disso, diversas outras funções são de responsabilidade desse professor. Algumas delas são indicadas abaixo: 

 

  • receber os pais e as crianças; 
  • orientar os responsáveis sobre como agir nesse momento importante;
  • mostrar alguns espaços da escola e a sala de aula; 
  • apresentar as crianças umas as outras; 
  • mediar atividades de interação; 
  • propor brincadeiras motivadoras e divertidas. 

 

É essencial, portanto, que ele saiba como interagir com as crianças e agir diante dos sinais de desconforto que elas apresentem. Na presença de choros, resistências, medos, entre outros, é primordial: 

 

  • ser paciente; 
  • acolher todos os aluno; 
  • estar interessado em cada educando e nas suas individualidades; 
  • demonstrar carinho e afetuosidade; 
  • saber confortar as crianças; 
  • deixar os alunos livres para que decidam quando querem participar da aula. 

 

Dessa forma, com medidas simples, mas cuidadosas e afetuosas, as crianças serão inseridas no novo contexto de forma que se sintam aceitas e sem perigos. E como resultado, com o passar dos dias as inseguranças serão transformadas em conquistas. 

 

Se gostou do nosso post, compartilhe-o com pais e educadores que querem saber sempre mais sobre a educação!

 

×